Imagem card

Alfredo de Carvalho

Data Nasc.:
27/06/1870

Data de falecimento.:
23/06/1916

Ocupação:
Engenheiro, Militar

Formação:
Engenharia

Alfredo de Carvalho

Artigo disponível em: ENG ESP

Última atualização: 17/08/2020

Por: Lúcia Gaspar - Bibliotecária da Fundação Joaquim Nabuco

Alfredo de Carvalho nasceu no dia 27 de junho de 1870, na cidade do Recife, Pernambuco, filho de Thomaz Ferreira de Carvalho e Julieta Cristina de Carvalho.

Cursou o primário e o secundário no Recife, viajando depois para Hamburgo, na Alemanha, onde iniciou o curso de engenharia civil. Sem concluí-lo, voltou ao Recife, em 1888, indo trabalhar como auxiliar técnico nas obras de construção da estrada de ferro de Caruaru.

Em 1890, desejando continuar a estudar engenharia, entrou para o Exército, matriculando-se na Escola Militar do Ceará. Envolveu-se, no entanto, na revolta da fortaleza de Santa Cruz e, por isso, teve que abandonar a carreira militar, em 1892, viajando em seguida para os Estados Unidos, onde concluiu seu curso de engenharia na Escola Politécnica da Filadélfia.

Diplomado, voltou ao Brasil, em 1894, e foi nomeado engenheiro ajudante. Depois, residente da estrada de ferro Central do Brasil, no Rio de Janeiro, conseguiu, posteriormente, transferência para a Central de Pernambuco, como engenheiro de primeira classe.

Fez concurso para a cadeira de Mineralogia, Geologia e Meteorologia do Ginásio Pernambucano, do Recife, sendo classificado em primeiro ligar, porém o concurso foi cancelado pelo Estado.

Realizou uma excursão pelo Amazonas, fazendo trabalhos na área de topografia, mas adoeceu e teve que voltar para Pernambuco.

Em 1899, mudou-se para a cidade de Santos, em São Paulo, convidado para redigir o jornal Cidade de Santos.

Em 1900, devido a morte da sua mãe, voltou ao Recife, fixando-se na cidade definitivamente.

Casou-se com Marieta Siqueira de Carvalho e passou a exercer as funções de engenheiro fiscal de usinas de açúcar de Pernambuco.

Participou de diversas entidades literárias e científicas, entre as quais a Academia Pernambucana de Letras, da qual foi presidente; do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano; da Academia Cearense; dos Institutos Históricos e Geográficos da Bahia e do Rio Grande do Norte; do Centro de Ciências, Artes e Letras de Campinas, SP; da National Geographical Society e da Anthropological Society, ambas com sede em Washington, nos Estados Unidos.

Falava alemão, inglês, holandês, francês, italiano e espanhol. Fez diversas traduções para o português de obras em alemão, holandês e francês, entre as quais Diário de um soldado da Companhia das Índias Ocidentais, do alemão Ambrosio Richshoffer (1897); Olinda conquistada, do holandês padre João Baers (1898); O Diário de expedição de Mathias Beck ao Ceará em 1840(holandês, 1903); Notas dominicais, do francês L. F. Tollenare (1904).

Foi colaborador de jornais e revistas, como o Diario de Pernambuco, o Jornal do Recife, a Revista Brasileira, a Revista Pernambucana, a Revista do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano; as Revistas dos Institutos Geográficos e Históricos da Bahia e do Rio Grande do Norte, o Almanaque de Pernambuco. Muitas vezes escrevia sob os pseudônimos de Robur, Aldecar, Philoclio, P. Pacífico, Heraldus.

É autor, entre outras, das seguintes obras: Jornais pernambucanos, 1831-98 (1899); A imprensa baiana, 1811-98 (1899); Frases e palavras: problemas histórico-etimológicos (1906); Estudos pernambucanos (1907); O tupi na corografia pernambucana: elucidário etimológico (1907); Diario de Pernambuco, 1825-1908 (1908); Anais da imprensa periódica pernambucana de1821 a 1908(1908).

O engenheiro e historiador da imprensa brasileira Alfredo de Carvalho morreu no Recife, em 1916.

 

Recife, 24 de novembro de 2004.
(Atualizado em 20 de agosto de 2009).

 

 

Fontes consultadas

MUNIZ, Arthur. Alfredo de Carvalho. Almanaque de Pernambuco, Recife, ano 7, p.146-151, 1905.

SOUTO MAIOR, Mário. Dicionário de folcloristas brasileiros. Recife: 20-20 Comunicação e Editora, 1999. p.22.

Como citar este texto

Fonte: GASPAR, Lúcia. Alfredo de Carvalho. aPesquisa Escolar OnLine, Fundação Joaquim Nabuco, Recife. Disponível em: <http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar>. Acesso em: dia  mês ano. Ex: 6 ago. 2009.